Just another WordPress.com site

Archive for Fevereiro, 2014

Preconceito … Que doença mortal.

Preconceito

Por vezes dou por mim a pensar , ” em que mundo vivo eu ??” , pois em toda a esquina encontro algum caso grave de preconceito !
É triste, sermos uma espécie tão evoluída, mas … A nossa cabeça, ou pelo menos a de algumas pessoas, ainda não ter conseguido dar esse passo tão grande , que faria tanta diferença na vida de tanta gente !
Acho que todos já sofremos de alguma forma com esta doença ! Uns na sua própria vida , outros na na vida de alguém próximo, ou ate mesmo , de alguém que tenha simplesmente passado por nós na rua , num determinado momento .

Racismo… á tantos anos que lutam contra esta doença …e mesmo depois de terem sido ultrapassadas tantas barreiras , uns ainda conseguem cair diante desse precipício!

Na verdade , somos todos ás cores, mas ainda tantos de nós continuam a fazer essa distinção ridícula ! Eu fico, muito mas muito envergonhada, quando sou alvo, ou vejo alguém ser, de racismo, na minha opinião, as pessoas que sofrem da doença, “falta de noção , bom senso e igualdade “, são tão pobres de espírito, que não mereciam grandes regalias , das que têm direito no seu dia a dia. E digo isto apenas como um exemplo, porque na realidade todos nos deveriamos colocar em causa….como te sentirias tu se fosses alvo deste preconceito ???

Um dos grandes motivos de conflito entre gerações, é a homossexualidade, aqui eu não tenho muito a dizer, porque acredito que o amor jamais deveria ser alvo de preconceito! Nós não escolhemos quem amamos, simplesmente o sentimento cresce, uns nascem com o sentimento virado para alguém do mesmo sexo!! E dai ?? Deixem as pessoas serem felizes como querem! É triste … Termos amigos, ou nós mesmos termos esse gosto, e vontade…. E não poder mostrar, esse tipo de amor , quem não deixa de o ser, so por nao ser ” o normal, o moralmente correcto, e aceite pela sociedade” ! Uma questão : “quem inventou que isso é regra, que a homossexualidade é como uma doença ??? Que a homossexualidade deveria ser um motivo gigante para alguém ser colocado de parte pela sociedade !”???? Enfim …. Espero que isto mude, que as mentes se auto-cultivem, que deixe de existir tanta podridão na mente humana.

A grande arte das Tattoos, esta no nosso planeta á centenas de anos, em tempos antigos, utilizada em tribos para marcar os seus membros , em guerras para marcar os seus prisioneiros, nas prisões , onde os presos se marcavam, como forma de “recordação” dessa sua fase mais triste e solitária, nos dias de hoje utilizada apenas ou na sua grande maioria, para nos embelezarmos, com cores marcantes, desenhos perfeccionistas, ideias inovadoras, ou recordações eternas! Esta arte que nem todos conseguem executar, e muitos outros, incapazes de a realizar no seu próprio corpo, é alvo de gigante preconceito pela grande maioria de habitantes da nossa sociedade, porque quem as tem, por uns são vistos como seres com “coragem para este acto”, outros vistos como “pessoas com carisma”,  ou até mesmo como “parasitas que não sabem o que estão a fazer ao seu corpo “, ou dos melhores que já ouvi ” bandidos , drogados , pessoas sem inteligência ou recursos para ter uma vida limpa e sem estas ideias malucas de adolescente”.
Aqui , na minha opinião a boa noção de muitos dos que dizem esta segunda opção , deve, com certeza, ter sido perdida quando chegou a este mundo ! Porque não faz de mim alguém sem cultura ou sem educação , por ter algo importante para mim ou simplesmente algo estético no meu corpo .

Somos vistos ( sim porque eu também sou alvo dessas infelizes frases, e julgamentos), como inconsequentes, que não sabemos o que estamos a fazer, considerados pessoas sem educação, sem objectivos de vida, “marginais da nova era”, enfim… sinto-me triste porque tanta coisa podia ser diferente, as pessoas podiam deixar de olhar para nós como se estivéssemos contaminados por algo de outro mundo, tantas famílias estão afastadas, porque simplesmente, os membros da mesma não pensam da mesma forma, ou simplesmente porque há alguém “diferente”, alguém que sái dos padrões, típicos para ser um bom e exemplar cidadão. Os meus pais deram-me educação, e ela não morreu quando eu decidi fazer a minha primeira tatto. O meu melhor amigo não deixou de ser meu amigo, e se tornou um marginal quando fez a sua primeira tatto, a minha mãe não deixou de ser a minha mãe quando fez a sua primeira tatto, mas … o meu vizinho, quando me julgou, deixou de ser bem visto por mim, e por todos os que julgou, por termos uma tatto, um dia… poderá a sua vida ser salva, por um médico, que ele se visse nu, chamaria de “drogado”, ou “fora da lei”, mas que na realidade é um homem formado…e já viram, ele tem uma tatto!

 
Não seria muito melhor, sermos colocados numa balança por inteligência e cultura , envés de aparecia ???
Vivemos dentro de um mundo sujo, com pessoas sem bom senso e noção do que realmente importa para atingirmos a felicidade !

O meu desejo era que a igualdade fosse realmente utilizada, direitos iguais para homens e mulheres, igualdade para todos mesmo tendo a cor de pele diferente, igualdade no trabalho, mas essencialmente igualdade na sociedade onde vivemos , mesmo que o nosso corpo esteja coberto de tinta, igualdade para todos…. O preconceito é crime, e quem sofre por ele, nem sempre consegue continuar com a sua vida, porque não se pode chamar vida, a um dia a dia de preconceito e sofrimento, a um julgamento, sem fundamento, não se esqueçam nunca, que as injustiças … normais , fazem parte da vida, mas podemos evitar…um dia ainda gostava de saber … O que significa “ser aceite pela sociedade” e quem ditou essas regras , com certeza alguém muito infeliz e retrógrada.

Márcia correia

Com amor

20140219-174236.jpg

20140219-174205.jpg

20140219-174148.jpg

Anúncios

Tudo o que me tiraste!

Sempre quis ser a flor do teu jardim, mas fizeste com que ganhasse espinhos, e me tornasse numa flor sem cor, fria… e ríspida.

Sonhei com o nosso bom dia todos os dias, mas deste-me uma cama vazia, com sonhos perdidos e cartas de amor espalhadas… sem sentido.

Eu só queria ter percebido a tua mente suja, e vazia de amor, só queria ter conseguido encontrar o pouco de bom senso que poderia restar em ti…

Não sou perfeita nem nunca serei, mas achava que fosses mais… mais do que isto, do que este desprezo irritante, que me enche de mágoa, e de lágrimas quando espero por t no sofá da minha sala. Por vezes penso, será que sentes o mesmo ou que estes 10 anos de uma paixão mentirosa, te embaciaram a mente… como … como me aconteceu a mim.

Desculpa se isto foi sincero de mais, mas esta carta é um Adeus , um Adeus ao meu infiel amor, um Adeus ás tuas mentiras que me sufocaram o coração, e me abandonaram a alma… tenho pena de ti, porque nunca pensaste em mim, e estou farta! Farta de ser como uma almofada na tua vida, que apenas sirvo para enfeitar a cama… Mas que no fundo só sirvo mesmo para isso… enfeitar.

Ninguém vai acreditar nesta minha decisão… mas , chegou a altura de ser feliz. Mesmo que me custe … não vai ser mais do teu lado, vivi numa mentira, e agora percebi que os contos de fadas, apenas enchem as nossas mentes de sonhos, mas matam o nosso coração de desilusão…

Com amor,

Daquela Aquela que um dia te quis só para ela.

Imagem

MC

with love

O que nos espera!

 

21456789101314151718192123242729

 

O que querias de mim…

se no fundo, te dei tudo,

um pedaço do meu corpo,

um pedaço da minha alma,

um pedaço de nós!

O que nos espera…

uma vida de luta,

ou uma vida de glória…

o que nos espera para lá da memória?

 

 

 

 

 

Trabalho escrito e fotográfico:

 

 

Márcia Correia

 

Modelos: Ricardo Aspeçada

Ana Ferreira

 

 

 

 

❤ with love

MC

Nuvem de etiquetas